sexta-feira, outubro 23, 2009

Another Mag Outono/Inverno

Another Magazine é uma daquelas revistas pra gente babar. Sempre vai além do fashion, roçando (ou mergulhando mesmo) na arte, na piração. AMO.

A edição de outono-inverno chegou no meu email esses dias e eu paralisei. Quatro capas: Kate Moss de Galliano, Vanessa Paradis de Chanel, Natalie Portman de Chanel e Katie Holmes (blah) de Alaia. A revista está "Celebrating a decade in fashion", então imaginem o ridículo de linda que está.





 


Tem foto do projeto Rakin Live, o livro novo com designs de posters do Velvet Underground que são tipo assim de colecionador, um ensaio lindamente bizarro da artista Katy Grannan, e por aí vai.

Eles estão pra lançar um novo site. Tô louca pra ver.

Você sabe o que é ser um inovador social?

Ontem fui ao meu primeiro evento como membro do Hub Madrid.


novo telhado do Hub Madri, que abre em janeiro

The Hub é uma maravilhosa descoberta recente: são diversos centros espalhado em 20 cidades (inclusive em São Paulo), cada um deles oferece espaços (virtuais e físicos) e serviços para os chamados criativos e inovadores sociais. Ou seja, jovens empreendedores, freelancers ou não, líderes comunitários, artistas, pessoas que querem mudar o mundo. Pessoas capazes de combinar a paixão e garra de um ativista com o pé no chão e pragmatismo de um empreendedor são pessoas que estão no Hub.

É um verdadeiro ecossistema inspirador de idéias que vão além dos padrões vigentes.


forum no Hub Amsterdam


Como eu estava falando, ontem participei de um workshop cujo título era "Qué es un empreendedor o un innovador social?", aqui em Madri.

Descobri que sim, tem muita gente como eu que quer mudar o mundo e já está atuando.

Como por exemplo o Pau Llop, de 28 anos, que criou o Bootup.com, uma organização de jornalismo cidadão. "O jornalismo está acima dos meios" disse. "Nosso trabalho é transformar a informação amadora em conteúdo profissional e com credibilidade". São mais de 1200 periodistas ciudadanos espalhados pelo mundo postando suas notícias diariamente em espanhol na plataforma online, que é na verdade uma social media network.

O Rodrigo Aguirre é outro inovador social. Ele fundou a SocialBid.es, que ajuda ONGs a financiarem seus projetos através de vendas pela Internet (eBay) de artigos e serviços doados por corporações, marcas e celebridades. Genial. Em apenas 18 meses eles já criaram um mercado solidário reunindo compradores, doadores e organizações sociais.

Eu ainda não sei exatamente como serei uma inovadora social, mas eu ainda chego lá. Enquanto isso, inspiração é o que não falta!

g+c

Agora mesmo estou devorando a primeira edição da g+c, revista internacional de gestión y cultura contemporánea.

Tema Principal: La privatización de la cultura. Me encanta!

E no final, a cereja no topo: agenda de eventos para gestores culturais e lista convocatórias.

quinta-feira, outubro 22, 2009

Me leva no Beagle!

Uma das coidas mais legais do PIC NIC young foi a apresentação do Beagle Project, iniciativa da VPRO.


Como está explicado na web deles:

2009 foi declarado o "ano de Darwin" e o VPRO, um canal de televisão e rádio holandês, investigará numa série de 35 episódios a direção que a evolução na Terra tomou nos dias de hoje. Durante um ano o VPRO seguirá a rota do Beagle a bordo do veleiro 'Clipper Amsterdam', o Beagle. Durante essa rota, constantemente nos perguntaremos: A Terra sobreviverá ao gênero humano?



O Beagle nos levará por regiões belas, vulneráveis, ameaçadas e cheias de aventuras. Da Patagônia ao Pacífico, da Austrália a Santa Helena. 


O veleiro dando a volta ao mundo tem um estúdio de televisão, rádio e internet, meios escolhidos através dos quais a equipe composta de cientistas, produtores, artistas, jornalistas e outros eventuais convidados à bordo transmite o que está rolando: desde resultados de pesquisas até um almoço no Rio de Janeiro.

Mas a série conta também uma história humana, pessoal e aventureira: alguns descendentes do velho mestre também estarão a bordo e algumas vezes atracaremos e saíremos à terra, buscando histórias em portos longínquos.



A viagem é super interativa. A gente pode acompanhar o Beagle pelo i-Google, por video-logs no YouTube, Twitter, Flick.r, Facebook, diários de bordo pessoais dos convidados, diários de navegação do capitão, da tripulação e dos produtores.  

Vai lá:

*Beagle no Facebook, Twitter, Flickr e o canal no Youtube.
* Mais sobre VPRO no Wikipediaa web oficial deles e Twitter.

Nem preciso dizer que é um sonho trabalhar num projeto assim: cross media, interativo, multicultural, ecológico, conscientizador, aventureiro, itinerante. Eu quero! 

quarta-feira, outubro 21, 2009

A Nova Madri, na Versatille desse mês




Madri tem esse jeito elegante, quase sisudo, essencialmente espanhol – do metrô às estátuas perdidas no alto de seus prédios históricos. Mas, no fundo no fundo, Madri é uma menina descolada e um pouco travessa, que sabe o que a vida tem de bom. Sem descer do salto. Aliás, sua atmosfera marota não tem nada de oculta: o clima nas ruas é escancaradamente vibrante. Nada passa despercebido. E nesse novo milênio, a capital espanhola se reinventa e fervilha com vanguardismo...


Leia minha matéria na íntegra na coluna Destino Internacional da Versatille Setembro/Outubro. Também nas bancas!

DESTINO INTERNACIONAL
A correspondente internacional, Carol De Marchi, apresenta os destinos turísticos mais charmosos do mundo. 

Ui!



Tem ainda "Dieta para a vida urbana", "Perfeição além dos limites", entre muitos outros artigos bacanas. Vale a pena conferir.

segunda-feira, outubro 19, 2009

PIC NIC 2009 - o balanço final

Mais uns dias de ausência blogueira, but here I am again!

Desde que acabou o Festival PIC NIC não tive tempo de postar muito sobre o tema... Já é hora, né?




Sem mais desculpas. Eis meu balançao final do evento:

Foi muito legal enquanto estrutura. Parecia mesmo um parque de atrações: trailers de comidas e coquetéis, instalações interativas, twitter tree, muitas cores e algumas mordomias. O que não achei bacana é que tinha uma área VIP. Super contraditório para um evento interativo, não?


 




No geral, o evento foi OK. Confesso que esperava aprender mais e conhecer mais gente incrível. Os assuntos eram os mesmo de sempre pra quem está por dentro do universo de craitividade e inovação, nada de novidades aí. Eu acabei gostando mais dos Workshops e do Pic Nic Young, que apresentavam projetos com mais calma, mais intimidade, mais interatividade e mais profundidade.

É sobre esses projetos que vou postar por aqui...

* fotos copiadas do Flick.r do PIC NIC

sexta-feira, outubro 16, 2009

Bici pra quê te quero!

Ainda sobre bicicletas, encontrei facts and figures interessantes na web:

- 40% das viagens urbanas nos EUA e 50% no Reino Unido são mais curtas do que 3,5 km, perfeitamente "pedaláveis".

- Em países como Holanda, Dinamarca e Noruega, entre 20% e 30% de todas as viagens são feitas de bicicleta.

- Em algumas cidades da China, as bicletas superam ônibus, carros e pedestres somados. Em contraste: as bicicletas são usadas em menos de 1% de viagens dentro de cidades norte-americanas.

- No Japão, governos locais investiram em estacionamentos de bicicletas em estações de trem. De 600 mil em 1977 passaram a 2.4 milhões em 1987, mantendo os altos índices de uso do trem como meio de transportee, apesar do aumento de vendas de carro. (a construção de espaços fechados e seguros para bicicletas custa entre 50 e 500 dólares, enquanto que cada vaga em garagens para carros custa entre 12 e 18 mil dólares).


Parking de bicicletas em estação japonesa


- Em Lima, Peru, foi ançado um programa de micro-créditos para a população de baixa renda poder comprar bicicletas, para assim deixarem de depender tanto do transporte público, que é caro para quem ganha um salário mínimo no país.

- O programa de bicicletas em Copenhagen disponibiliza 2300 bicicletas para o uso público. O usuário paga cerca de 3 dólares na retirada e recebe esse dinheiro de volta quando devolve a bici. É um projeto de aliança entre empresas e governo. As empresas comprar as bikes em troca de publicidade nas mesmas.

- O Bicing de Barcelona também vai de vento em popa: são mais 300 estações de bicis, com mais de 4 mil bicicletas sendo usadas para cerca de 30 mil viagens ao dia. Funciona com um cartão magnético anual que custa pouco mais de vinte euros e prossibilita viagens ilimitadas durante 365 dias.


Bicing em Barcelona


*fontes:
Worldwatch institute

El blog verde


quinta-feira, outubro 15, 2009

Pedale mais!

Hoje é Blog Action Day e o tema é Climate Change. Nada mais familiar pra mim do que postar sobre bicicletas. Eu tenho a minha desde que morava em Amsterdam... Gostei tanto de pedalar que acabei adotando o meio de transporte em Londres, Barcelona e agora em Madri. É rápido, saudável e ecológico. 

Achei esse vídeo sobre o David Byrne pedalando em New York no International Herald Tribune, mas não tinha como fazer o embeded. Ele lançou um livro faz pouco, chamado Bycicle Dairies, que conta suas andanças (ou pedalanças) por várias cidades do mundo por onde passeou com sua bici.

terça-feira, outubro 13, 2009

Regalito II

Para quem gostou do primeiro regalito postado aqui há tempos, recomendo se jogar na Biblioteca do YP. Lá você encontra leituras ótimas divididas em:

- Políticas Culturales
- Indústrias Culturales
- Representaciones de la Precariedad
- Biopolítica
- Saberes
- Trabajo
- Innovación
- Cultura y Ciudad
- Medios de Comunicación
- Reseñas bibliográficas
- Lo Otro

Um mar de delícias. Tudo em espanhol. Recomendo ler o recém postado “Pequeña crónica de lo audiovisual en Brasil”, de Leo Brandt.

E convido a todos que lerem alguns desses textos escreverem aqui comments com suas impressões.

(Isso até que renderia um sarau ou clube de leitura...)

12 Mulheres, o teaser

I'm Back!

Muitos dias de ausência, eu sei!

Estive numa correria desenfreada: primeiro, a produção do documentário sobre o BAM Dialogue, depois o PIC NIC Festival e então o 12 Mulheres.

Agora, de volta a Madri, terei tempo de postar e contar muita, muita coisa...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin